Um pouco mais da Catedral

Um pouco mais de nossa história e serviços...


CURIOSIDADES E SERVIÇOS

A construção

INFORMAÇÕES:


A tarefa de dar corpo às idéias que o Cardeal Câmara tinha concebido e discutido com o seu secretário particular e futuro executor das obras, Monsenhor Ivo Antonio Calliari, sobre a Catedral, foi confiada ao arquiteto Edgar Fonceca (s.i.c.), professor da PUC do Rio. O engenheiro foi Newton Sotto Maior e o mestre de obras Joaquim Corrêa.

A Catedral tem as seguintes medidas: 75 metros de altura externa e 64 metros de altura interna, 106 metros de diâmetro externo e 96 de diâmetro interno, cada vitral: 64,50 x 17,80 x 9,60 metros; área de 8.000 m2, com capacidade para abrigar 20.000 pessoas em pé ou 5.000 sentadas.


Construção da Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro

 
Catedral - Esculturas

Relevo e Escultura

INFORMAÇÕES:

A Catedral foi dedicada ao padroeiro da Arquidiocese de São Sebastião RJ

A Catedral foi dedicada ao padroeiro da Arquidiocese - São Sebastião e tem como padroeira secundária Sant'Ana. Suas estátuas, de autoria do escultor paulista Humberto Cozzo, estão no fundo do presbitério: a do Santo à direita da Cátedra Episcopal e a da Santa no lado oposto. Sobre a Cátedra, encontra-se o Brasão Episcopal do atual Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, cujo lema é PARA QUE TODOS SEJAM UM.

Por trás do presbitério fica a sacristia, em cima da qual foi montado um estrado com capacidade suficiente para um coral, uma orquestra e um órgão. O interior da sacristia é revestido de mármore branco, sobre o qual podem ser vistos painéis representando as Missões entre os povos indígenas nos séculos XVI e XVII, segundo o desenho do decorador da Catedral, o monge beneditino Irmão Paulo Lachenmayer. Entre a sacristia e o vitral dos fundos da igreja está a Capela do Santíssimo, com o grande sacrário e os dois lampadários, obras do artesão paulista Nicola Zanotto. A Capela teve seu altar abençoado no mesmo dia da dedicação da Catedral, no dia 15 de agosto de 1979. E, em 2006, foi inaugurado dois nichos para abrigarem as imagens de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, doada pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Raimundo Damasceno e ali entronizada a 7 de setembro do mesmo ano e a imagem de São Sebastião entronizada no dia 20 de janeiro de 2007.